Alzheimer
A alimentação na prevenção do Alzheimer
25 de agosto de 2017
Alimentação com produtos orgânicos ainda não atingem 50% da população |Foto: Pixabay
População do Sul é a que mais consome orgânicos
10 de setembro de 2017

Café da manhã

café da manhã

O café da manhã é a principal refeição do dia, e pode ser linda também| Foto: Divulgação

» Acordo sempre do mesmo jeito: de bom humor e com fome… Hehehe! O cheirinho de café coado é um presente todas as manhãs, par perfeito dos meus ovos mexidos. Confesso que quando viajo acrescento alguns “poucos” itens à minha rotina… Quem não?  E adoro observar as particularidades de cada região.

Na terra “de mainha”, tapioca, mandioca, inhame, batata doce, mingau (palmas  para o mingau de milho!) e o irresistível pão delícia… Huumm… Muitas memórias afetivas! Em Minas a gente troca a tapioca pelo pão de queijo e eu mal consigo levantar da mesa com tanto assunto! “Bão dimais”! O café americano me ganha com waffles, panquecas, bacon e sunny eggs! E é impossível não desejar o café francês: omelete, croque monsier, croissants, queijos… Aff! Como conseguem ser magros? Não tenho discernimento pra esse menu não! Hehehe!

Na Costa Amalfitana, a salada caprese marcava presença e eu gostei da ideia. Era tanta gente linda comendo que deve ser um dos segredos… De Londres, o que mais gostei foi a qualidade dos iogurtes! Na Argentina super abuso do doce de leite, huumm… Vale cada caloria!!! No México, carnes, feijão, pimenta… Bem diferente, mas confesso que acabo preferindo meu tradicional ovos, mamão, e um cafezinho.

A gastronomia e sua regionalidade me fascinam! Olho as fotos e sinto o sabor da comida em minha memória. Viajo nas lembranças desses momentos especiais. Espero conhecer muito mais cafés da manhã, almoços, jantares, vinhos e culturas!

Café da manhã
4.7 (93.33%) 3 votes

PUBLICIDADE

Fabiany Damasceno
Fabiany Damasceno
Empresária, proprietária do Ristorante Limoncello | E-mail: damasceno@aperitivado.com.br

2 Comentários

  1. Abadia Henriques disse:

    Faby, o melhor de um texto escrito com a alma nas linhas do coração é a façanha de transferir ao leitor sensações variadas e indescritíveis de prazer. Me deleitei, salivei… huuuuum, relembrei e claro, viajei por cada cantinho com vc e às vezes me aventurei nas minhas próprias asas guiadas pelo eterno memorial “vento”. Que dom lindo o Senhor a concedeu: ser puro sabor a cada desenhar da vida.

  2. Carol Hudson disse:

    Ai ai….
    fiquei com vontade de viajar!!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *